Pastor prega que o mundo entrou dentro das igrejas | Pastor Gilmar Fiúza

Desmascarando a legião de Jezabel.

HORA DE SAIR DAS CIDADES! ESCAPE DA NOVA ORDEM MUNDIAL!

Filme “JESUS” em muitos idiomas

A-cruz-vaziaFilme Jesus

Imagem

Destronando Jezabel. Breve

A MESA DE JEZABEL.Impressionante

Aconteceu na India.600 igrejas cristãs queimadas 14 pastores mortos (decapitados) Inúmeras crianças mortas – filhas de cristãos Idosos mortos sendo jogados no trilho do trem.Video

Orissa – Um ano depois.Video

 

[YOUTUBE=http://www.youtube.com/watch?v=lmy5hxem06A]

Tenho recebido alguns e-mails de pastores e missionários pedindo oração e em alguns casos “socorro” pela Índia. Está acontecendo a maior perseguição dos últimos tempos. Cristãos inocentes estão sendo mortos… a maioria por decapitação e estrangulamento.

Alguns afirmam que tudo começou com uma briga no norte do país entre muçulmanos e hindus e agora os hindus estão atacando os cristãos até o sul do país – inclusive na capital Dheli. O toque de recolher vem desde 24 de agosto de 2008.

Pessoas estão sendo mortas de forma brutal ou queimadas vivas. Ninguém sabe quantos estão desaparecidos. Os corpos dos mortos estão espalhados nas florestas, montes e vilarejos distantes. Não há ninguém para enterrar os mortos. Pessoas são mortas na frente de seus familiares, esposas e filhos. Meninas são raptadas por gangues e queimadas vivas. Quase todas as igrejas foram arruinadas, demolidas e queimadas. Todos os vilarejos e casas cristãs estão completamente destruídos, propriedades foram saqueadas e todos os veículos, queimados.

Milhares e milhares de pessoas pobres e inocentes, junto com suas crianças e velhos, correram para salvar suas vidas nas florestas e colinas, e mesmo ali suas vidas não estão seguras.

Os dados são assustadores…:

600 igrejas cristãs queimadas
14 pastores mortos (decapitados)
Inúmeras crianças mortas – filhas de cristãos
Idosos mortos sendo jogados no trilho do trem

Vamos orar e que o Senhor tenha misericórdia e guarde nossos irmãos na Índia!

Nele,

André Saldiba